segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

CHÁVEZ ATÉ 2000 E SEMPRE

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, deu um passo importante para se perpetuar no poder. No referendo sobre a possibilidade de reeleição ilimitada, o "sim" venceu com 54% dos votos. Com isso, Chávez, há dez anos no comando do país, já anunciou sua pré-candidatura para 2012 e terá a chance de se reeleger até quando o povo quiser. Nas ruas, os chavistas estavam eufóricos: "Chávez até 2000 e sempre", diziam. A oposição, enfraquecida e fragmentada, vai ter de repensar suas posições para que a profecia não se cumpra. O diário espanhol El País diz, porém, que Chávez terá agora de "cicatrizar o rombo entre os pobres que o apoiam e um pequeno grupo que está enriquecendo com o chavismo". Pelo jeito, tempo para tanto é o que não lhe faltará...

Um comentário:

Alexandre Gomes disse...

Bem... ganhou a maioria da minoria. Uma vez que dos 17 milhoes, 6 milhoes foram votar (lá não é obrigatório o voto). Azar da turma que preferiu ficar em casa... No mais, é uma amostra do que aconteceria aqui no Bananão se o voto não fosse obrigatório. Ah, uma ditadura é uma ditadura é uma ditadura.