terça-feira, 11 de março de 2008

COISAS QUE TODO FRIGOBAR DE HOTEL DEVERIA TER

Pesquisando para outro artigo, encontrei um texto ótimo do Ricardo Freire: Frigobar, Doce Frigobar. Freire diz que é possível avaliar a qualidade de um hotel pelos itens do seu minibar, ou frigobar, e lista 6 produtos que, segundo ele, não podem faltar (vá lá conferir a lista dele, eu espero).

Como já passei alguns apuros famélicos em hotéis, resolvi fazer meu próprio Top 5 sobre o assunto. Eis, na minha opinião, os 5 itens absolutamente indispensáveis num frigobar de hotel:

1. Coca Zero (sim, serve a light). Ricardo Freire está certíssimo - abrir um frigobar e só encontrar coca-cola normal é frustrante, pra não mencionar desrespeitoso. E quanto aos milhares de diabéticos? E quanto à quase totalidade das mulheres, que vive de dieta? Faça-me o favor: coca-cola sem açúcar é o mínimo que se espera de um frigobar.

2. Cerveja. Se a marca for decente, melhor ainda. Até quem não gosta - como eu - pode se beneficiar de uma latinha. A cerveja de frigobar cumpre uma tripla e honrosa função para o viajante: mata a sede, alimenta e dá aquela moleza gostosa, que faz a gente dormir bem em qualquer cama - mesmo que não seja tão confortável quanto a nossa. Só não vale encher a cara, acordar com uma baita ressaca e deixar de curtir a viagem.

3. Bolo Ana Maria. Aqui, nada de genéricos - só o bolinho Ana Maria é tão gostoso quanto o bolinho Ana Maria. Se você acordar tarde e perder o café-da-manhã, ele estará pronto a acudir. Se o próximo trecho da viagem for ao estilo "barrinha de cereal, senhora" ou, pior ainda, se for dentro de um ônibus pinga-pinga, você vai adorar ter levado o bolinho do hotel na bolsa.

4. Salgadinho Bon Gouter. Não, nada de castanhas ou amendoim, que engordam horrores e não matam a fome. Nem me venha com cheetos e afins, que deixam o quarto com cheiro de meia suja. Já o Bon Gouté, além de ter um sabor bastante razoável, aplaca o estômago e combina muito bem com aquela cerveja. Sem contar a apresentação: a caixinha já passa uma sensação de capricho e garante que os biscoitos não foram apalpados/pisoteados/esfarelados pela turba de crianças que passou pelo quarto no dia anterior.

5. Banana passa. Ok, um pouco de patriotismo piegas agora. Para o bem ou para o mal, para o orgulho de uns e a vergonha de outros, somos o país das bananas. Eu gostaria de encontrar chocolates num hotel suíço, vodca num hotel russo, tâmaras num hotel egípcio. Clichês podem ser bacanas! Isso pra não mencionar que as bananinhas passas são deliciosas, além de práticas.

Dia de Folga

4 comentários:

Pedro disse...

Curiosidade técnica: O que danado é "bolo ana maria"???

Vi Teobaldo disse...

Vende em supermercado. Procura e experimenta. Eu acho que já comi e, se for o que eu tô pensando, é ótimo, mas nada que se compare a uma torta da Dalena.

Daniel Tabosa disse...

Nunca vi um frigobar de hotel decente e ele nunca será igual à geladeira da sua casa. Portanto, bote óleo de peroba na cara, vá no supermercado mais próximo, traga algo que preste e bote no frigobar do hotel (rs rs rs)...

Vi Teobaldo disse...

HAHAHAHHAAHHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAAHAHA!!! ATITUDE É ISSO!!!